Parque terá laboratório de compatibilidade eletromagnética

Publicado em Tecnologia por em

Laboratório instalado no Parque Tecnológico Supera,em Ribeirão Preto, beneficiará setor de eletroeletrônicos

Ribeirão Preto ganha, no dia 14 de abril, um Laboratório de Compatibilidade Eletromagnética, fruto de um convênio entre a Fipase (Fundação Instituto Polo Avançado da Saúde) e a Secretaria de Desenvolvimento Econômico, Ciência, Tecnologia e Inovação do Estado de São Paulo. A inauguração será realizada durante o evento de comemoração dos dois anos do Supera Parque de Inovação e Tecnologia, com a presença da prefeita Darcy Vera e do secretário estadual de Desenvolvimento, Marcio França. O Supera Parque de Inovação e Tecnologia de Ribeirão Preto é resultado de uma parceria entre a Fipase, a USP, Prefeitura Municipal de Ribeirão Preto e Secretaria de Desenvolvimento do Estado de São Paulo.

O novo laboratório, localizado no Parque Tecnológico, recebeu investimentos de R$ 1,6 milhão da Secretaria de Desenvolvimento Econômico — a partir de recursos do BID — Banco Interamericano de Desenvolvimento. O investimento faz parte do plano de melhoria da competitividade de Arranjos Produtivos Locais (APLs) paulistas. A contrapartida da Fipase (Fundação Instituto Polo Avançado da Saúde), gestora do Parque, foi de aproximadamente 15% desse valor.

O laboratório montado pelo Supera permitirá a realização de ensaios de compatibilidade eletromagnética conduzida, de acordo com as principais normas nacionais e internacionais. “As empresas da região se beneficiarão por ter um laboratório de alta tecnologia de fácil acesso, diminuindo custos de certificação e inovação. Além disso, o laboratório reúne técnicos com conhecimentos altamente especializados em áreas críticas para o desenvolvimento de novos produtos”, enfatiza Erico Moreli, coordenador do Supera Centro de Tecnologia.

O coordenador ressalta que a entrada em operação do laboratório deve movimentar a economia local. “O desenvolvimento de novos produtos implica em aumento de produção, aumento de exportações, aumento de empregos e consequente aumento de competitividade das empresas”, diz.

Diminuição nos prazos

Hoje, para que os testes sejam realizados nos equipamentos eletroeletrônicos, empresários da região precisam ir a São Paulo ou Campinas para ter acesso a um laboratório de compatibilidade eletromagnética onde, geralmente, encontram filas. Com o laboratório montado no Supera Parque, as empresas terão grande redução de custos de logística, facilidade de acesso a conhecimentos técnicos especializados e diminuição nos prazos de ensaios.

O laboratório de compatibilidade eletromagnética do Supera Parque poderá ser utilizado por empresas nacionais e internacionais que precisem certificar seus produtos. “Qualquer equipamento que opere com energia precisa certificar em compatibilidade eletromagnética: equipamentos médicos, hospitalares e odontológicos, eletrodomésticos, telecomunicações, tecnologia da informação e comunicação, veículos e demais setores industriais da área de eletroeletrônica”, explica Moreli.

Em Ribeirão Preto serão realizados mais de 10 ensaios de compatibilidade eletromagnética conduzida, como, por exemplo, a IEC 60601-1-2 Medical electrical equipment e a IEC 61000-3-2, “Electromagnetic compatibility (EMC)”. A lista completa de ensaios e a programação do 2º aniversário do Supera Parque de Inovação e Tecnologia estão disponíveis no site.

Instalado no Campus da USP, em Ribeirão Preto, o Parque abriga a Supera Incubadora de Empresas, o Supera Centro de Tecnologia, a associação do Arranjo Produtivo Local (APL) da Saúde, o Polo Industrial de Software (PISO), além do Supera Centro de Negócios. Ao todo, são 51 empresas instaladas no Parque, sendo: 40 delas na Supera Incubadora de Empresas de Base Tecnológica; dez empreendimentos no Centro de Negócios e dois no SEVNA Seed (uma das empresas da aceleradora também integra a Incubadora de Empresas).

A Fipase é a gestora da marca Supera que dá nome à Incubadora de Empresas, ao Centro de Tecnologia e ao Parque Tecnológico de Ribeirão Preto. É por meio da Fundação que o Supera Parque de Inovação e Tecnologia e a Supera Incubadora de Empresas de Base Tecnológica promovem ações de incentivo ao empreendedorismo e à inovação em Ribeirão Preto e região.

Da Agência USP de Notícias / Com informações da Medialink Comunicação

Mais Informações: site http://superaparque.com.br/

.