Coro de Câmara Comunicantus abre vagas para coralistas e funções técnico-musicais de suporte

Publicado em Cultura por em

Estão abertas as inscrições para bolsistas no Coro de Câmara Comunicantus, programa conjunto da Pró-Reitoria de Graduação da USP e do Comunicantus, Laboratório Coral do Departamento de Música (CMU) da Escola de Comunicações e Artes (ECA) da USP.

São 28 vagas para coralistas (divididas por sub-naipes), além de vagas para pianista, arquivista, editoração musical, produção musical, comunicação e gravação em áudio e vídeo. As inscrições seguem até 28 de maio e alunos de diversos cursos podem concorrer. O processo seletivo acontece em junho, em datas diferentes dependendo da vaga a que o interessado se candidatou. O cronograma geral, os editais detalhados e os formulários de inscrição estão disponíveis neste link. As atividades terão início em agosto de 2013.

Neste ano, o coral da ECA, formado por alunos de graduação, completa quarenta anos de atividade. Tem o perfil de um Coro Sinfônico, com mais de 100 integrantes, e é a primeira experiência coral de muitos alunos de Música. Aqueles que pretendem se especializar na regência, composição, arranjo, técnica vocal ou processos educativos podem se integrar aos projetos Coral da Terceira Idade da USP e Coral Escola Comunicantus, ligados a projetos de extensão.

As bolsas

A necessidade de um Coro de Câmara de bolsistas, que se define pela adequação da estrutura coral às necessidades de um repertório específico, é notada há muito tempo na estrutura do Comunicantus. Volta-se para a prática do coralista que pretende se candidatar a um coro profissional, do regente que necessita da prática como coralista de câmara para estar preparado para os desafios musicais da regência e de todos os músicos que buscam um aprofundamento na atividade coral.

Além das bolsas para coralista e pianista, o Projeto do Coro de Câmara Comunicantus dá grande importância aos aspectos técnicos e de suporte da atividade musical final. As bolsas de Monitor-Arquivista e de Monitor de Editoração Musical são essenciais para garantir a qualidade e rapidez dos processos de leitura e de apresentações. As bolsas de Monitor de Comunicação e de Produção Musical contemplam aspectos menos visíveis ao público final, mas importantíssimas no conjunto do trabalho. E a bolsa de Monitor de Áudio e Vídeo é uma completa novidade na estrutura coral, um dos aspectos inovadores do projeto, que pretende gravar não só as apresentações, mas o processo de ensaios. Com isso, os participantes poderão avaliar seu desempenho tanto a partir da memória como a partir de dados objetivos fornecidos pelas gravações.

Uma base sólida

Há muitos anos, o Departamento de Música tem sido uma referência no ensino e na pesquisa do Canto Coral. Os aspectos técnicos e artísticos da regência, do canto e da escolha de repertório fazem parte das disciplinas de graduação, das linhas de pesquisa e dos projetos de extensão. O coordenador do Comunicantus, Marco Antonio da Silva Ramos, por exemplo, escreveu sua Tese de Livre-Docência sobre “O Ensino da Regência Coral”. Os estudos de Repertório Coral são o foco da professora Susana Cecília Igayara, coordenadora do projeto “Cadernos de Repertório Coral Comunicantus”.

O Coro de Câmara Comunicantus nasce em um departamento que já desenvolveu projetos inovadores da atividade coral, desde os tempos de Klaus Dieter-Wolff, primeiro professor de Regência Coral na USP. Hoje, abriga vários coros e prepara jovens estudantes para os desafios profissionais do Canto Coral, uma atividade musical com forte inserção social e diversificadas formas de atuação artística e pedagógica.

Mais informações: site http://comunicantus.blogspot.com.br

.