Software interativo desenvolvido no IME permite exercitar regência de coral

Publicado em Tecnologia por em

Júlio Bernardes/Agência USP de Notícias

Realizar exercícios de regência coral e ser avaliado em tempo real é possível com um software de computador desenvolvido em pesquisa do Instituto de Matemática e Estatística (IME) da USP pelo cientista da computação Caio Cesar Moreira. O programa recebe as imagens registradas por uma câmera com sensores e compara os movimentos do aluno com sequências de regência pré-configuradas. A avaliação dos exercícios é feita de forma imediata, auxiliando os professores nas atividades de ensino, avaliação e melhorando a percepção corporal, essencial para o trabalho do regente coral.

O desenvolvimento do software se baseou no Kinect, uma câmera com sensor de movimento lançada originalmente para uso em videogames. “A versão para computador do Kinect foi a ferramenta usada para desenvolver o programa”, afirma o cientista da computação. “O sensor escaneia o corpo do aluno e o programa obtém as proporções da pessoa, que são comparadas com as medidas corporais previamente armazenadas no software. Essa comparação permite que os exercícios de regência sejam avaliados.”

Com o programa instalado no computador, o aluno pode escolher um dos treinamentos pré-configurados, que consistem em sequências de movimentos realizados pelos regentes de coral. “A pessoa se posiciona em frente ao sensor durante alguns segundos, para registro das proporções corporais”, descreve Moreira. “Em seguida, o primeiro movimento é feito três vezes para o aluno se acostumar e fazer o restante da sequência. No final, é atribuída uma nota avaliando a performance.”

De acordo com o cientista da computação, o uso do Kinect em videogames fez com que o acessório fosse produzido em grande escala e a tecnologia tivesse um custo acessível, ao mesmo tempo em que permite a fácil distribuição. “Isso viabiliza o emprego do software, pois o sensor elimina a necessidade de vestimentas específicas para a capitação dos movimentos ou aparatos incômodos ao regente, o qual precisa ter mobilidade corporal”, destaca. “O programa pode ser usado em qualquer computador pessoal com entrada USB. Ele foi desenvolvido para o sistema operacional do Windows, que é adotado pela empresa produtora do Kinect, a Microsoft, mas pode ser adaptado para outros sistemas”.

Cubo tridimensional

O protótipo do sistema passou por testes no Departamento de Música da ECA, com a colaboração do professor doutor Marco Antonio da Silva Ramos. “As experiências levaram a aperfeiçoamentos, como a utilização de um cubo tridimensional, criado por Ramos, que situa o corpo do aluno em tempo real no espaço”, explica Moreira. “O aluno, ao ver na tela do computador a posição em que sua imagem escaneada se encontra dentro do cubo, pode aprimorar sua percepção corporal”.

A percepção dos movimentos durante a regência é necessária para que o aluno possa se expressar de maneira adequada diante dos integrantes do coro. “Ao mesmo tempo, o sistema também pode ser utilizado em outras aplicações em que seja preciso aprimorar a movimentação corporal, como em reabilitação, por exemplo”.

Moreira ressalta que a ideia do software é permitir que o aluno de regência tenha maior domínio espacial. “Ele precisa ter uma noção precisa dos movimentos que vai usar para transmitir tudo o que deseja que os coralistas executem”, observa. “Em uma sala de aula com 20 pessoas, nem sempre é possível para cada aluno praticar e ser observado pelo professor. Com o programa, o movimento pode ser capturado, medido e avaliado com maior exatidão.”

O software deverá ser utilizado nas aulas do Laboratório Coral Comunicantus, no Departamento de Música da ECA. “A aplicação no ensino ajudará a realizar aprimoramentos visando a disponibilização futura do programa para universidades e também no mercado”, diz. A pesquisa orientada pelo professor Ronaldo Fumio Hashimoto, do IME, é descrita em dissertação de mestrado apresentada no último dia 23 de setembro.

Mais informações: email profissional@gmail.com, com Caio Cesar Moreira

.