Agência Nacional de Águas quer parceria da EESC para curso sobre recursos hídricos

Publicado em Meio ambiente por em

Foto:  Divulgação / EESC
Foto: Divulgação / EESC

Da Assessoria de Comunicação da EESC

A Escola de Engenharia de São Carlos da USP (EESC) da USP recebeu em agosto a visita de dois especialistas em recursos hídricos da Agência Nacional de Águas (ANA), Ricardo Brasil e Francisco Romeiro, para conhecer o Centro de Ciências da Engenharia Aplicadas ao Meio Ambiente (CCEAMA). Os especialistas se encontraram com o professor Frederico Fabio Mauad, do Departamento de Hidráulica e Saneamento, e com o vice-diretor da EESC, Sérgio Proença, manifestando o interesse em estabelecer uma parceria com o CCEAMA, a fim de implantar cursos de extensão para a formação de gestores em recursos hídricos.

Segundo Romeiro, o objetivo é retomar uma relação que já existiu entre o Governo Federal e o Centro nas décadas de 70 e 80 e que foi abandonada por motivos políticos e mudanças na ANA. “Queremos recuperar a antiga parceria para capacitar profissionais nas áreas de atuação da Agência, como medição de vazão, chuvas e controle de qualidade de água, utilizando-se de novas tecnologias”, destacou.

Além disso, é necessário capacitar profissionais para novas funções que foram atribuídas à ANA, como a batimetria de reservatórios, a atualização das cotas/áreas e volume de reservatórios, entre outras. “Para cumprir as novas funções, a Agência precisa formar profissionais específicos para desempenhar o trabalho”, ressaltou Brasil.

Queremos recuperar a antiga parceria para capacitar profissionais nas áreas de atuação da Agência, como medição de vazão, chuvas e controle de qualidade de água.

A Agência tem como papel principal implementar a política nacional e coordenar todo o sistema de gerenciamento de recursos hídricos do país. Ricardo Brasil explicou que a partir dos instrumentos da política, a ANA irá atuar na cobrança de outorga dos rios da União, no enquadramento dos recursos hídricos, na gestão da rede hidrometeorológica nacional, no apoio de comitês de bacias hidrográficas e na capacitação de operadores.

Foto:  Hugo Rubens Pontoni / Banco de Imagens ANA
Foto: Hugo Rubens Pontoni / Banco de Imagens ANA

Ainda de acordo com Romeiro, o país enfrenta um grande desafio para gerenciar seus recursos hídricos, devido à grande área territorial e os diversificados problemas, – como escassez e inundação, que hoje ocorrem simultaneamente em regiões distintas – e a falta de qualidade da água. “A Agência tem o papel importante dar o apoio necessário aos estados para conhecer a situação de seus rios e bacias e gerenciar melhor os recursos disponíveis”, explicou.

Mauad comentou que o Núcleo de Hidrometria do CCEAMA, fundado em 2001, vem expandindo a fronteira do conhecimento ao atuar nas áreas de quantidade, qualidade e sedimentos dos recursos hídricos através de suas dissertações e teses. O professor ainda destaca que é importante realizar o intercâmbio do que é produzido de conhecimento na Escola e repassá-lo a sociedade, para que não fique restrito apenas dentro da Universidade.

“O corpo docente da EESC está habilitado a ministrar cursos e atuar na área de extensão, contando não apenas com experiência acadêmica, mas também de vários estudos de casos reais no estado São Paulo. Atualmente o trabalho do grupo de hidrometria tem 20 dissertações e 10 doutorandos em pesquisas, atuando como multiplicadores do conhecimento”, explicou.

Após a visita, Maud confirmou que as tratativas sobre a parceria estão em andamento e que novas reuniões devem ocorrer em breve entre as instituições para se estabelecer as diretrizes e estrutura curricular dos novos cursos de extensão.

Mais informações: (16) 3373-6600 / 3373-6700, email comunicacao@eesc.usp.br

.