FEA lança novo Portal na web em sistema integrado

Publicado em Institucional por em

Da Assessoria de Comunicação da FEA

O novo portal da Faculdade de Economia, Administração e Contabilidade (FEA) da USP na internet irá aprimorar a gestão e disseminação dos conteúdos online da Faculdade. Todos os departamentos e áreas administrativas estarão integrados agora por um sistema único, que permitirá o compartilhamento de dados e a publicação de diversos tipos de conteúdo. A identidade visual também foi refeita, para que o usuário do portal possa navegar com mais facilidade nas diversas páginas.

A plataforma do novo portal da FEA é o Drupal, um CMS (Content Management System) livre, utilizado em todos os países do mundo e usado e testado por mais de um milhão de sites distintos. De acordo com Luiz Eduardo Iadocicco, chefe da Seção Técnica de Informática (STI), uma das motivações para utilizar esta plataforma é que, por ser muito conhecida, ela é alimentada por toda a comunidade de usuários, minimizando as chances de descontinuidade e de falhas de segurança.

Para André Vieira Escudeiro, sócio da E-Open (empresa responsável pelo desenvolvimento do portal), “o Drupal tem uma vantagem porque o código já é escrito de uma forma segura”. “É o código mais profissional, feito por uma empresa gigantesca. E pelo fato de ter uma comunidade de desenvolvedores enorme, é muito mais ágil a localização de vulnerabilidades e a correção deles.”

Novo sistema promove integração e agilidade

A grande diferença entre o novo portal e o antigo é que o novo faz integração com vários outros sistemas, inclusive fora da própria FEA, algo que antes não era possível. O sistema de senhas, o DataFEA, a USP Digital e diversos outros sistemas poderão trocar informações com o novo portal, atualizando as páginas sempre que necessário. “A integração com o DataFEA é importante porque alguns conteúdos são puxados automaticamente. Por exemplo, as disciplinas oferecidas por determinado curso. Uma vez que essa informação foi disponibilizada, o Portal da FEA puxa automaticamente as informações”, explica Luiz Iadocicco. “Além de facilitar, minimiza a possibilidade de dados redundantes e de erros”, conclui.

Além das atualizações, o portal prevê fluxos de dados para os TCCs, estágios, agendamento de eventos e licitações. As entradas ocorrerão pelo site, de forma semelhante aos fluxos de dados das revistas científicas, na qual as diversas ações são realizadas por interações com o sistema. Existe ainda uma infinidade de formulários, de mais de 70 fontes de dados distintas. Para André Escudeiro, “ele é muito mais que um site, é um sistema WEB”.

Motivação para fazer o novo

“A gente começou a pensar no site por uma necessidade de ter um portal muito mais eficiente em todos os sentidos, tanto da tecnologia e dos usuários, quanto do ponto de vista do público externo”, contou Reinaldo Guerreiro, diretor da Faculdade no período em que o projeto foi elaborado.

Para elaborar o projeto, foram chamados os responsáveis pelos diversos setores da FEA, que possuíam envolvimento com o portal, seja como administradores ou provedores de conteúdos. “Nesse projeto houve um envolvimento grande das pessoas, essa foi uma marca, e as pessoas participaram, deram opiniões, criticaram, foram chamadas” explicou Reinaldo Guerreiro.

A partir das entrevistas, a equipe da Seção Técnica de Informática – STI, desenvolveu o diagrama do site, a estrutura de dados e os requisitos técnicos. Com esses documentos, foi possível elaborar o edital, vencido pela empresa E-Open. “Avaliamos então toda a documentação para verificar se não havia falhas, aprimoramos a questão dos fluxos”, explicou André Escudeiro. Posteriormente, foram feitas várias versões do layout, para que a própria comunidade FEA pudesse escolher um, sem a imposição de um modelo.

“Além disso, o novo portal vai permitir trazer outros portais, como os do Feamais e do Econoteen, que estavam à parte”, contou Fabiano Ruel, encarregado do setor técnico da STI e um dos responsáveis pelo projeto do novo site.

Melhorias esperadas para a FEA e os usuários

Reinaldo Guerreiro destaca que “o site é a nossa cara olhando pela janela, e nós temos que facilitar e dar condições para que as pessoas nos pesquisem e nos conheçam”. Para ele, o novo portal vai trazer um nível de eficiência muito grande internamente, na postagem de materiais, na responsabilidade e no controle dos conteúdos.

Um dos pontos críticos do antigo portal da FEA era a grande quantidade de sites diferentes que a faculdade possuía. Se a FEA como um todo possuía um site, cada departamento e núcleo possuía outro, quase independente. “Nós entendemos que vamos vender uma imagem muito melhor para fora, que vai facilitar a vida de quem quer nos pesquisar, nos conhecer.”, conclui Reinaldo Guerreiro.

Um aspecto fundamental do projeto do novo portal da FEA é a capacitação da equipe técnica da STI para desenvolver e atualizar o site nos próximos anos. Com o treinamento oferecido à equipe, será possível manter as atualizações em dia, criar novos ambientes e desenvolver inovações. De acordo com o chefe técnico da STI, Luiz Iadocicco, enquanto a base tecnológica se mantiver, a equipe estará apta a desenvolver internamente as funcionalidades do site. Assim, o novo portal da FEA irá se manter atual até que haja uma grande revolução, que leve a tecnologia a um novo patamar.

“Como uma pessoa que usa leitor de telas, que é cega, conseguia navegar?”, pergunta Vilma Roberto, consultora para acessibilidade do projeto do novo portal. “Frente à demanda da FEA, desenhou-se o site e então eu entrei nele para navegar e informar para eles o que estava errado na acessibilidade.”

Acessibilidade é garantir que todas as pessoas, independentemente do tipo de dificuldade (compreensão de texto, identificação de uma imagem ou para fazer uma pesquisa), acessem a internet em um site fácil de navegar. “Um site, quando é acessível, ele prevê todas essas dificuldades e garante, com alguns mecanismos que ficam por trás da tela, que essa pessoa consiga navegar com segurança e satisfação.”

“O site vai estar acessível, mas os conteúdos também precisam ser acessíveis. Iremos orientar o pessoal que insere os conteúdos para garantir que arquivos, os documentos, as imagens, possam também oferecer essa acessibilidade”, explica Vilma, ressaltando a importância do treinamento que será dado aos usuários do portal para trabalhar esse aspecto.

Mais informações: http://www.fea.usp.br/noticias.php?i=1389

 

FEA lança novo Portal na web em sistema integrado
Editoria: Institucional - Autor: - Data: 2 de junho de 2015

Palavras chave: , , , , ,

.