Professora da EERP coordena programa da OEA sobre drogas ilícitas

Publicado em Institucional por em

A professora Carla Arena Ventura, da Escola de Enfermagem de Ribeirão Preto (EERP) da USP coordena o programa da Organização dos Estados Americanos (OEA) para América Latina e Caribe, Capacitação de Autoridades Nacionais para acompanhar e analisar o impacto das drogas ilícitas nas Américas (Building Capacity of National Authorities to Monitor and Analyze the Impact of Illicit Drugs in the Americas).

O objetivo geral é fortalecer a capacitação em pesquisa sobre drogas na região, por isso, o programa é destinado aos profissionais de saúde e áreas relacionadas, e oferece dez vagas por ano. É desenvolvido em duas fases, presencial (dois meses) que além das aulas teórico-práticas, os participantes do curso elaboram um projeto de pesquisa multicêntrico comum, a ser implementado em cada um dos países participantes, e fase de implementação de projeto de pesquisa multicêntrico em país de origem (dez meses).

A professora Carla coordena os módulos IIIB, que são Métodos Qualitativos de Pesquisa, e módulo IV, Criação e Gestão de Grupos de Pesquisa e Programas de Intercâmbio de Pesquisa nas Américas. Em 2015, o programa completa 100 participantes.

O programa é resultado de parceria entre a Comissão Interamericana para o Controle do Abuso de Drogas (CICAD), vinculado a OEA, e o Centro para Adição e Saúde Mental (CAMH) da Universidade de Toronto, Canadá, implementada a partir de 2006.

Na instituição canadense, o programa é coordenado pelo professor Akwatu Khenti, Diretor do Office for Transformative Global Health. Já na OEA/CICAD a coordenação é da professora Marya Hynes, especialista em pesquisa em drogas.

Neste ano, participam pesquisadores de Barbado, Chile, Colômbia, El Salvador, Haiti, México, Trinidad e Tobago, Venezuela e dois participantes do Brasil.

Vice-Diretora do Centro Colaborador da Organização Mundial da Saúde (OMS) para o Desenvolvimento da Pesquisa em Enfermagem, a professora Carla Ventura, ministra aulas sobre Saúde Global, Direitos Humanos no contexto do uso de Drogas, Criação e Implementação de Grupos de Pesquisa, e participa de todo o processo de elaboração da pesquisa multicêntrica e sua implementação e conclusão. Em 2012, a professora foi líder da criação da Associação de Ex-Alunos do Programa, em que é a atual Presidente.

Mais informações: site https://www.porticonetwork.ca/web/ircbp-alumni

Professora da EERP coordena programa da OEA sobre drogas ilícitas
Editoria: Institucional - Autor: - Data: 28 de agosto de 2015

Palavras chave: , , ,

.