Virada Científica apresenta mais de 150 atividades gratuitas na USP

Publicado em Lazer e Entretenimento por em

Acontece nos dias 17 e 18 de outubro, sábado e domingo, a segunda edição da Virada Científica.

Trata-se de um grande evento promovido pela Pró-Reitoria de Cultura e Extensão da USP, e que apresenta programação com mais de 150 ações só na cidade de São Paulo, além de outras atrações nos campi da USP no interior.

A maior parte será concentrada na Cidade Universitária, que terá atividades e palestras dentro das unidades e também um espaço central montado na Praça do Relógio. Com o tema “Vila da Virada”, esse espaço vai resgatar a relação entre ciência e a ocupação da cidade, propondo novos olhares para os temas urbanos que nem sempre têm sua relação com a ciência lembrada pelas pessoas.

Um exemplo é o skate, que estará presente no local em atividades lúdicas e palestras como “A half pipe perfeita”, proferida pelo professor do Instituto de Matemática e Estatística Eduardo Colli, que também coordena a Virada Científica. Também na Vila, haverá palestras (“Mobilidade Urbana não motorizada”, “A Arte e a Rua”, “Sexo, Química e Poder”, entre outras, todas com pesquisadores e professores da USP ou convidados especiais), oficinas de ciência do projeto Arte & Ciência no Parque, oficinas de biologia (biodiversidade, extração de DNA e outros), exposição sobre doenças negligenciadas, ginástica artística e oficinas de circo.

Eduardo Colli afirma que “este enfoque da Vila da Virada procura contribuir com uma discussão bastante atual sobre o uso da rua, propondo trazer a visão da ciência sobre o espaço público, de forma interdisciplinar”. Eduardo reforça que “não se trata propriamente de um tema da Virada como um todo, pois as atividades e palestras buscam ir além, incluindo abordagens sobre saúde, curiosidades, qualidade de vida e fenômenos da natureza”.

Dentro da Vila da Virada, uma praça de food trucks estará montada especialmente para o evento. Entre as palestras que ocorrem nas Unidades do campus, alguns destaques são abordagens de cientistas da USP sobre temas como: obesidade, atividade física, terremotos, desenvolvimento sustentável, mudanças climáticas, prevenção e controle do câncer, mídias sociais e violência.

Haverá ainda a exposição de uma célula gigante, na qual as pessoas podem entrar e visualizar sua estrutura interna, exposição de vertebrados e jogos de química interativos.

Além disso, as baterias das atléticas de diversas unidades da USP farão apresentações públicas. Outros locais da cidade que recebem atividades são: Centro Universitário Maria Antônia, Parque CienTec, Casa de D. Yayá, MAC – Museu de Arte Contemporânea e Faculdade de Medicina da USP. Fora da capital, haverá eventos em Santos, Ribeirão Preto, São Carlos, Pirassununga, Bauru, Lorena e Piracicaba.

Para Maria Arminda do Nascimento Arruda, Pró-Reitora de Cultura e Extensão Universitária da USP, o sucesso da primeira edição demonstrou a demanda que existe por parte da população por um maior contato com a ciência. Para ela, “é papel da Universidade pública levar aquilo que ela produz e pesquisa para todos, e um evento como esse permite que isso seja feito de maneira informal, divertida e interativa, o que só ajuda a aumentar o interesse e o entendimento das pessoas sobre o tema”.

O evento marca também a participação da USP na Semana Nacional de Ciência e Tecnologia, promovida pelo Ministério da Ciência, Tecnologia e Inovação e que agrega programações especiais de popularização da ciência em todo o País. Todas as atividades são gratuitas e a programação completa pode ser consultada pelo site viradacientifica.prceu.usp.br e também na página do evento no Facebook (/viradacientifica).

Há ainda a possibilidade de baixar um aplicativo para celular, desenvolvido especialmente para quem quer participar do evento, possibilitando a consulta da programação com diversos filtros.

Mais informações: email viradacientifica.prceu.usp.br

.