MENUMENU

Pesquisadora da Esalq recebe prêmio em citricultura

A pesquisadora Margarete Boteon foi premiada devido a suas pesquisas sobre o mercado citrícola, realizadas desde 1998.

Margarete Boteon, pesquisadora do Centro de Estudos Avançados em Economia (Cepea), da Escola Superior de Agricultura Luiz de Quieroz (Esalq) de USP, recebeu o prêmio Engenheiro Agrônomo Destaque da Citricultura, concedido pelo Centro de Citricultura Sylvio Moreira, do Instituto Agronômico de Campinas.

Margarete foi premiada devido a suas pesquisas sobre o mercado citrícola, realizadas desde 1998. A entrega do prêmio será nesta segunda-feira (28), na abertura da Semana da Citricultura, em Cordeirópolis, São Paulo.

A equipe de Margarete contata diariamente produtores, beneficiadores e representantes da indústria para apurar preços de frutas cítricas em todas as regiões relevantes em termos de produção e comercialização no estado de São Paulo. Anualmente, são também atualizados estudos detalhados sobre custos de produção com o objetivo de se acompanhar, com rigor científico, a evolução da sustentabilidade da citricultura paulista. A base desses trabalhos é a interação contínua com pessoas de todos os segmentos do setor.

Com base nos dados levantados, o grupo publica preços diários no site do Cepea, análises semanais na Agência Estado, Bloomberg e Thomson Reuters e mensais na revista Hortifruti Brasil – veículo de iniciativa da própria pesquisadora.

Em 2007, o Cepea foi premiado pelo mesmo Centro de Citricultura, na categoria Instituições e lideranças da citricultura brasileira. 

Scroll to top