Ribeirão Preto celebra evolucionismo e seu autor no ‘Darwin Day’

Publicado em Ciências, USP Online Destaque por em

Há 154 anos, o naturalista Charles Darwin publicava pela primeira vez seu livro A Origem das Espécies – talvez a obra mais influente da ciência moderna – trazendo o conceito da evolução biológica por meio da seleção natural.

A teoria propôs que a evolução dos seres vivos ocorre por meio de uma seleção de características hereditárias, de modo que os indivíduos com as características mais favoráveis têm mais chances de sobreviver e se reproduzir.

Para celebrar a vida e as descobertas do cientista, a Faculdade de Filosofia, Ciências e Letras de Ribeirão Preto (FFCLRP) da USP promoverá, no dia 5 de março, o evento internacional Darwin Day.

O Darwin Day é comemorado em vários países por volta do dia 12 de fevereiro, data do nascimento de Charles Darwin em 1809, e é apoiado pela International Darwin Day Foundation, organização não-lucrativa que promove a educação pública sobre ciência e encoraja a celebração das descobertas científicas.

“Os eventos pertencentes ao Darwin Day são uma celebração global da ciência e do racionalismo e têm como objetivo a propagação de ideias relacionadas à evolução, às ciências biológicas e ao pensamento científicol”, afirma Veronica Slobodian, presidente da Comissão Organizadora do evento.

A primeira edição em Ribeirão Preto foi concebida e elaborada por uma comissão de pós-graduandos pertencentes aos Programas de Pós-Graduação em Biologia Comparada e em Entomologia, ambos do Departamento de Biologia da FFCLRP.

O que se deseja, segundo Veronica, é“tratar a teoria da evolução, a figura de Charles Darwin e o ensino de conceitos relacionados da maneira mais abrangente possível, de modo que possa ser compreendida por qualquer pessoa que se interessar”.

Programação

O principal tema debatido durante o evento será o ensino e a aproximação do público com a ciência e as teorias de Darwin, assim como a importância do entendimento da ciência pela sociedade.

De acordo com Veronica, a população em geral apresenta muitas dúvidas sobre como ciência é feita e pensada, e a ideia é formar pessoas que se interessem por uma melhoria na educação e na divulgação científica e que possam levar essas informações para fora do ambiente acadêmico, tornando temas como esses mais compreensíveis.

A ideia é formar pessoas que possam levar essas informações para fora do ambiente acadêmico.

A abertura do evento será às 9 horas, seguida pela palestra da professora Maria Isabel Landim, do Museu de Zoologia (MZ) da USP, sobre o porquê de se celebrar o Darwin Day e o papel de Darwin na biologia e nas ciências.

Às 10h45 acontece a palestra Experimento Histórico de Charles Darwin: uma proposta de utilização da História da Ciência no ensino, com João Paulo Durbano e Tatiana Tavares Silva, da pós-graduação em Biologia Comparada da USP.

Às 13h30 terá início a mesa-redonda O papel da iconização de personagens da ciência: implicações na aproximação do público com o mundo científico, com os professores Dalton Amorim (FFCLRP), Maria Isabel Landim (MZ) e Nélio Bizzo (FE).

A palestra de encerramento será ministrada por Tom Wenseleers, da Katholieke Universiteit Leuven (KU Leuven), universidade da Bélgica, e terá como tema Evolution and its role in Science and Society (Evolução e seu papel na sociedade).

Segundo Veronica, “os participantes entrarão em contato com as principais dificuldades e desafios para se tratar do tema “evolução”, identificando as dúvidas mais frequentes, o modo como tornar o tema mais compreensível e o seu papel na nossa sociedade como um todo”.

A programação completa do evento pode ser vista neste link (pdf).

O evento é gratuito e as inscrições serão feitas na hora. O local é o Anfiteatro Lucien Lison da FFCLRP, que fica na Av. Bandeirantes, 3900, Ribeirão Preto.

Mais informações: Site www.ffclrp.usp.br/eventos/integra.php?id=1159 ou página do evento no facebook.

.