USP reúne especialistas para discutir a ciência e a tecnologia do mar

Publicado em Ciências, Meio ambiente, USP Online Destaque por em

Em um cenário atual tomado por discussões sobre impactos ambientais e mudanças climáticas, o estudo e o desenvolvimento de tecnologias para o oceano têm papel fundamental para amenizar a ação humana no meio ambiente. A USP, por sua relevância na pesquisa e no debate com a sociedade, promoverá entre quarta (16) e sexta-fera (18) a Conferência USP sobre o Mar, em que discutirá os principais temas relacionados.

O evento faz parte do programa Conferências USP, idealizado pela Pró-Reitoria de Pesquisa (PRP) da USP com apoio da Agência USP de Inovação. As conferências são agrupadas em 10 temas gerais, distribuídos em todas as áreas do conhecimento. Cada uma das 10 conferências é realizada anualmente, além de um tema específico, que varia anualmente.

Neste ano, o tema escolhido foi justamente a ciência e tecnologia do mar, contando com a organização do Instituto Oceanográfico (IO) da USP em parceria com a IO Júnior e o Centro de Biologia Marinha (CEBiMar) da USP.

“A ideia central é trazer à discussão temas relevantes no momento, através de uma diagnóstico atual seguido de uma prospecção sobre desenvolvimento científico e tecnológico para o futuro”, comenta Belmiro Mendes de Castro Filho, professor do IO e coordenador científico da conferência. Além disso, o professor aponta que o encontro pretende estimular a comunidade acadêmica e os jovens cientistas a realizaren pesquisas na área.

Contemplando diversas áreas do conhecimento, o professor Belmiro define a conferência como multidisciplinar, envolvendo os aspectos biológicos, físicos, químicos, geológicos, tecnológicos e até mesmo jurídicos dos oceanos.

“A conferência não é verticalmente profunda, mas uma conferência mais ampla que dá uma visão geral de perspectivas futuras para a área”, completa.

Aberto à comunidade USP e científica em geral, o evento contará com três dias de palestras e mesas-redondas. No dia 16, o tema discutido será a biodiversidade marinha. No dia 17, a exploração de águas pronfundas e, no dia 18, a relação entre oceano e clima.

Serão quatro palestras por dia, seguidas de uma mesa-redonda que sintetizará o conteúdo abordado no dia. Os palestrantes incluem especialistas de universidades de EUA, Espanha e Chile, além de um representante da Petrobras.

Sustentabilidade

Sendo parte do sistema climático terrestre, os oceanos estão diretamente ligados às mudanças climáticas e são impactados pelas atividades humanas. Daí a importância de discutir os assuntos propostos pela conferências. “Toda a poluição causada pelo ser humano podem comprometer a biodiversidade marinha”, afirma Belmiro.

Além disso, devido à liderança mundial exercida pelo Brasil na área de exploração de águas profundas, o professor destaca que a discussão é essencial para pensarmos em meios de garantir a sustentabilidade. “Proporcionaremos novos desafios e oportunidades, não só para a aplicação da ciência e do desenvolvimento tecnológico, mas também para incentivarmos cada vez mais uma exploração sustentável dos recursos do mar.”

Segundo ele, a exploração das águas internacionais está passando por regulamentação e o Brasil precisa ficar atento para requisitar essas regiões, além de desenvolver técnicas mais eficientes. Para isso, Belmiro lembra que também será discutida a parte tecnológica dessa exploração, de modo a garantir o desenvolvimento econômico aliado ao compromisso de preservar o meio ambiente.

Saiba mais sobre o Programa Conferências USP em entrevistas com o pró-reitor de Pesquisa da USP, Marco Antonio Zago, e o coordenador geral da Conferência USP sobre o Mar, Raul Machado Neto:

Serviço

A conferência acontece nos dias 16, 17 e 18 de maio, das 9 às 17 horas, no Anfiteatro da Faculdade de Arquitetura e Urbanismo (FAU) da USP, que fica na Rua do Lago, 876, Cidade Universitária, São Paulo.

As inscrições são gratuitas e podem ser feitas pelo site do evento.

Mais informações: (11) 3091-3548, site www.inovacao.usp.br, email prp@usp.br. 

.