Semana de Fotojornalismo da ECA busca o lado ‘caótico’ da fotografia

Caos é o tema da edição deste ano do já tradicional evento da ECA | Foto: Jornalismo Júnior

A Faculdade de Arquitetura e Urbanismo (FAU) da USP sediará entre os dias 20 e 24 de agosto a 6ª Semana de Fotojornalismo, evento promovido pela Jornalismo Júnior, empresa júnior de jornalismo da Escola de Comunicações e Artes (ECA) da USP.

Criado em 2007, o evento busca possibilitar a compreensão do uso de imagens no meio jornalístico e aproximar estudantes e o público geral interessado em fotografia com importantes nomes da área.

“O principal objetivo é que pessoas das mais diferentes áreas de interesse tenham contato com o fotojornalismo. O público poderá conhecer a trajetória de fotojornalistas, suas dificuldades e opiniões, e assim, refletir sobre o uso das imagens na mídia”, afirma Roberta Mendonça Barbieri, presidente da Jornalismo Júnior.

Caos

A sexta edição da semana elegeu como tema o “Caos” (veja aqui o vídeo de divulgação do evento), devido aos recentes acontecimentos ao redor do mundo como a Primavera Árabe, o Occupy Wall Street, as revoltas em Londres, além de diversas manifestações brasileiras e reintegrações de posse como a do Pinheirinho em São José dos Campos.

“Nós escolhemos esse tema porque o ano de 2011 foi muito agitado politicamente, foram vários acontecimentos no mundo inteiro que tentavam, através da manifestação, do caos, da desordem, contestar a ordem vigente, mudar um pouco as coisas, restabelecer a ordem de uma maneira diferente”, comenta Paula Peres, diretora de eventos da Jornalismo Júnior.

Foto: Divulgação

Os palestrantes convidados possuem experiência com fotografias de conflitos, catástrofes e até mesmo o caos urbano das grandes cidades. Eles trarão aos convidados um pouco de suas trajetórias e as dificuldades que tornam difícil o trabalho jornalístico em situações caóticas.

Entre os presentes, estão Alan Marques, fotojornalista da Folha de S.Paulo que cobriu a queda do voo 1907 da Gol em 2006, a situação no Haiti após o terremoto de 2010, além das grandes manifestações em Brasília, como a passeata dos cem mil do MST; e Evandro Teixeira, fotojornalista do Jornal do Brasil, nome ilustre na área que registrou diversos momentos da ditadura militar no Brasil e a queda do governo Salvador Allende, no Chile.

Segundo Wagner Souza e Silva, professor de fotojornalismo na ECA, “caos é imprevisibilidade, desordem, é você não conseguir prever o que pode acontecer”. E, para ele, o tema se adequa perfeitamente ao fotojornalismo. “O fotojornalista já lida um pouco com essa instabilidade. Toda fotografia, por mais estática que seja, já é um pouco caótica”, completa.

Programação

Foto: Jornalismo Júnior

O evento conta com quatro dias de palestras que terão como temas “O início do caos”, “Caos urbano”, “Catástrofes”, “Conflitos” e “Sutilezas do Caos”. Além disso, acontece na quarta-feira uma saída fotográfica, em que os convidados poderão colocar em prática as dicas dos palestrantes fotografando um lugar considerado caótico na cidade de São Paulo.

Após a saída, será promovido um concurso em que as melhores fotografias serão premiadas. Para o primeiro lugar, será entregue uma câmera Canon T3; para o segundo, um curso de fotografia na Escola Techimage; e para o terceiro, três livros de fotografia de autoria dos palestrantes do evento.

Os presentes em pelo menos três dias de palestras receberão um certificado de participação. As incrições são gratuitas e podem ser feitas pessoalmente no dia do evento ou pelo site, onde também pode ser vista a programação completa e o perfil de cada palestrante.

Para a entrada é necessário a entrega de 1kg de alimento não perecível (os alimentos coletados serão revertidos em ação social).

A FAU fica na Rua do Lago, 876, Cidade Universitária, São Paulo.

Mais informações: (11) 3091-4085, site www.semanadefoto.jornalismojunior.com.br