Feamais proporciona conexões entre graduandos e egressos da FEA

Publicado em Especial, Institucional, USP Online Destaque por em

“Ninguém gosta de ser ex na vida de ninguém”, diz Mário Lúcio Corrêa Neto, gestor do Feamais.  A brincadeira diz respeito ao fato do programa preferir chamar de alumni os egressos da Faculdade de Economia, Administração e Contabilidade (FEA) da USP. Uma das interpretações do alumni é a derivação do verbo latim “alere”, que significa nutrir, desenvolver e manter. Sinaliza-se, assim, que o aluno não deixa de ser importante para a Faculdade, e que pode continuar participando da vida universitária de outros modos.

O Feamais é um programa institucional de relacionamento ligado à diretoria da FEA. Com cinco anos de existência, se propõe a missão de “acompanhar os feanos, do momento de suas matrículas ao resto de suas vidas”. A integração entre os alunos da graduação e os já formados envolve tanto a troca de experiências de mercado quanto as do meio acadêmico, e se dá, neste momento inicial, principalmente por meios eletrônicos.

Valores

Para Corrêa Neto, a institucionalização da associação é um fator que ajuda a manter os laços com a FEA.“Somos um programa que busca estreitar os laços entre a FEA e seus alumni”. É baseando-se na estratégia de relacionamentos que o Feamais busca a aproximação dos antigos e novos feanos.

Definindo o projeto e seus objetivos em poucas frases, Neto diz que o Feamais é o “link histórico da FEA”, para “manter a história viva, a história antiga com a nova história”. Neste sentido, entre outras ações, o gestor busca reativar uma linha do tempo com a história da FEA que foi feita na comemoração dos 60 anos da Faculdade, mas que se perdeu.

Histórico

Foi durante as comemorações dos 60 anos da FEA que o programa foi criado, em 2006. A partir de um trabalho de conclusão de curso (TCC) do aluno Wagner Cassimiro, em que eram analisadas as associações de ex-alunos de diversas faculdades, a diretoria viu a necessidade de uma representação de seus ex-alunos oficializada pela Faculdade.

Inicialmente o portal Feamais era uma rede social, “um mini-orkut entre feanos”, simplifica Neto, mas a crescente onda das demais redes sociais acabou por esvaziar o portal. Foi então que esse foco de relacionamento foi dado pela atual gestão, no cargo desde 2010.

Os antigos cadastros do banco de dados estavam desatualizados e havia pessoas duplicadas, além de boa parte não ser aluno da FEA, ou sequer da USP. Uma empresa foi contratada para cuidar da localização e atualização dos dados dos ex-alunos e cerca de 10 mil cartas e emails foram direcionados para que eles se cadastrassem no portal. Apesar do número absoluto de pessoas registradas ter caído, “a qualidade do cadastro melhorou muito”, afirma Neto.

Com isso é mais fácil direcionar a newsletter produzida pelo Feamais com as notícias da Faculdade e criar uma plataforma eficaz de comunicação. Isso aumentou, segundo dados do Feamais, em cerca de 200% o número de acessos mensais do site.

Aproximadamente 8% desses acessos são de outros países, como Estados Unidos e Inglaterra. Para aumentar ainda mais o número de participantes, Neto faz projeções para melhorar a exposição do Feamais no mercado e envolver o aluno da FEA no programa, enquanto ainda graduando. “É mais fácil você lidar com o aluno ainda na faculdade do que ficar o ‘caçando’ depois de formado. Uma simples troca de endereço ou email e você não o acha nunca mais”, afirma. Estuda-se a possibilidade de que o projeto seja apresentado aos novos alunos no dia da matrícula.

Projetos

Além de colocar antigos e atuais alunos em contato por meio do site, cadastro e newsletters, o Feamais ajuda os dois grupos a se organizarem para a promoção de ações beneficentes, como campanhas de arrecadação de alimentos e o projeto Noel Solidário, que arrecada brinquedos para crianças de instituições e comunidades carentes. Planeja-se, ainda, contatos com universidades estrangeiras, para estabelecer convênios com estudantes da FEA no mercado de trabalho europeu.

O Feamais também tem estabelecido parcerias com outros projetos da FEA, como a Amefea, e com outras associações de ex-alunos da USP e de outras faculdades. A Amefea arrecada doações da comunidade feana, principalmente entre pais de alunos, para reinvestir em jovens talentos da Faculdade. A parceria se estabelece em particular na parte de divulgação e comunicação entre os programas.

Para conhecer melhor o Feamais, acesse www.usp.br/feamais

.