Núcleo sobre etimologia e história da língua portuguesa da FFLCH lança novo volume de série

Publicado em Pesquisa por em

O Núcleo de Apoio à Pesquisa em Etimologia e História da Língua Portuguesa (NEHiLP) da Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas (FFLCH) da USP publicou online o quarto volume da série bibliográfica “Arquivos do NEHiLP”.

O volume Alguns dados históricos sobre as cochonilhas de carmim (Hemiptera, Homoptera, Dactylopiidae): notas sobre etimologia, seu cultivo no Brasil do século XVIII e na primeira metade do século XIX foi produzido por Nelson Papavero e Lucía Claps.

Na introdução são tecidas breves considerações sobre o primeiro códice mexicano a mencionar as cochonilhas, como nochetztli (Hemiptera, Homoptera, Dactylopiidae), o trabalho de Alzate y Ramírez (1794) tratando de seu cultivo, coleta e preparação e o relato sobre o contrabando de espécimes efetuado por Thiéry de Menonville (1787), com alguns dados sobre o valor das exportações da cochonilha feitas a partir de Oaxaca e das Canárias entre 1758 e 1847. Apresenta-se a classificação do gênero Dactylopius, com a distribuição geográfica de suas espécies.

São enumerados os primeiros trabalhos do século 16 a citar o nome cochinilla, em espanhol, francês e português. Segue-se uma discussão sobre as diversas hipóteses sobre a etimologia de cochinilla, sendo a mais provável a de Littré (1863), que advoga uma transferência para os representantes de Dactylopius da expressão “cochinilla de humedad”, conferida a crustáceos isópodes, fundamentada na semelhança da forma corporal desses dois artrópodes. Finalmente, trata-se das tentativas do cultivo e exploração da cochonilha nas várias partes do Brasil, levados a cabo no século 18 e na primeira metade do século 19.

O acesso à publicação pode ser feito por meio deste endereço.

Mais informações: (11) 3091-5035, email nehilp@usp.br.

.