​USP se prepara para receber os novos alunos

Publicado em Institucional por em

Da Assessoria de Imprensa da USP

A 17ª Semana de Recepção aos Calouros, que marcará o início do ano letivo de 2015, acontecerá em todos os campi da USP, entre os dias 23 e 27 de fevereiro. Nesse período, as aulas regulares são substituídas por palestras, oficinas, bate-papos com egressos, campanhas educativas e ações sociais.

Institucionalizada na USP em 1998, a Semana de Recepção aos Calouros é organizada pelas Comissões de Graduação das Unidades, por seus Centros Acadêmicos e Atléticas, com o objetivo de promover a integração entre os novos alunos e os veteranos, e transmitir os valores cultivados pela Universidade: humanismo, excelência, universalismo e solidariedade

Com o tema “Feliz Veterano Novo”, a campanha deste ano enfatiza a ideia de que o calouro já é parte da instituição e será o próximo veterano. O slogan está estampado em cartazes e cartões, que serão distribuídos aos novos alunos no dia da matrícula, junto com um questionário elaborado pela Liga Atlética Acadêmica da Universidade (LAAUSP), em parceria com a Pró-Reitoria de Graduação, para colher informações sobre práticas esportivas dos calouros e convidá-los a participar dos campeonatos esportivos, como o Bichusp, Interbixos e Intrabixo, que acontecerão em diferentes campi, no decorrer do mês de março.

O material distribuído também contém o Código de Ética da Universidade e dois marcadores de livro que trazem destacados o artigo 21º do Código de Ética e o artigo 2º da Portaria GR nº 3.154, reforçando a ideia de que a USP não tolera nenhum tipo de violação aos direitos humanos. A pedido dos coletivos femininos da Universidade, será incluído um texto de autoria desses grupos sobre as mulheres na Universidade.

Manual do Calouro Online e Disque Trote

O tradicional “Manual do Calouro” ganhou uma versão online, disponível no endereço www.scs.usp.br/manualdocalouro. O novo portal contém informações sobre matrícula, calendário acadêmico, localização das Unidades, opções de transporte, assistência médica e odontológica, bolsas e auxílios, bibliotecas, restaurantes, atividades culturais e esportivas, intercâmbio acadêmico etc.

“O Manual online é muito mais dinâmico, contém mais informações e está disponível o ano todo. Agora, tanto os calouros quanto suas famílias não precisam esperar o dia da matrícula para receberem as informações, podem planejar-se melhor, o que torna o ingresso na Universidade mais tranquilo”, explica o pró-reitor de Graduação, Antonio Carlos Hernandes.

Qualquer calouro da USP que se sentir vítima de tratamento inadequado que cause, a quem quer que seja, agressão física, moral ou outras formas de constrangimento, dentro ou fora do âmbito da Universidade, poderá fazer a denúncia por meio dos canais de atendimento do Disque Trote. Como reforça o pró-reitor, “é fundamental que os estudantes participem das atividades da Semana de Recepção, mas se ocorrer qualquer problema, tem que denunciar. A Universidade não tolerará nenhum tipo de desrespeito ou tratamento inadequado”. O pró-reitor destaca que o Disque Trote, que atende pelo número 0800-012-1090, começará a funcionar a partir do dia 9 de fevereiro e ficará ativo até o dia 25 de março, de segunda a sexta-feira, das 9 às 21 horas.

Além do atendimento por telefone e pelo e-mail disquetrote@usp.br, em 2015, as denúncias também poderão ser feitas por um chat, disponível no site do Manual do Calouro.

O trote é proibido​ na USP desde 1999, quando o reitor Jacques Marcovitch instituiu que toda manifestação de recepção a novos alunos, em todos os campi, deveria estar integrada à Semana de Recepção aos Calouros. O Disque Trote foi criado em 2000, com o propósito de receber denúncias de trotes abusivos.

Atividades de Integração

Além de apresentações, visitas, palestras e outras atividades de integração, as Unidades prepararam uma programação especial para a semana. No campus de Ribeirão Preto, haverá a Calourada Unificada, campanhas de doação de sangue e de alimentos, apadrinhamento dos calouros, atividades culturais e esportivas.

A Escola de Engenharia de Lorena realizará o plantio de árvores, arrecadação de material escolar e campanha para doação de cabelo. Em Piracicaba, haverá o plantio de mudas, apresentações culturais e passeio pelos pontos turísticos da cidade.

No campus de São Carlos, será realizada a Calourada Solidária, com arrecadação de alimentos, prestação de serviços, doação de cabelo e de sangue. Em Pirassununga, serão montados quatro estandes para a recepção dos alunos, um para cada curso da Faculdade de Zootecnia e Engenharia de Alimentos (FZEA). Também haverá apresentações culturais.

Em Bauru, a Faculdade de Odontologia realizará campanhas de doação de livros, instrumentos odontológicos e brinquedos.

Em São Paulo, a Escola Politécnica terá a aula inaugural ministrada pelo diretor científico da Fapesp, Carlos Henrique de Brito Cruz, além de campanha para arrecadação de livros. A Faculdade de Medicina Veterinária e Zootecnia (FMVZ) oferecerá um café da manhã com os pais dos calouros e fará uma visita monitorada à Cavalaria da Polícia Militar do Estado de São Paulo. Os calouros da Faculdade de Medicina participarão do “Ambulatório Social”, acompanhando os veteranos em um mutirão de atendimento gratuito, que será realizado na Praça da Sé. Também será promovido o simpósio “Democracia Universitária, Ética e Corpo: não à opressão, nenhuma vida vale menos”, pelo Núcleo de Estudos das Diversidades, Intolerâncias e Conflitos (Diversitas), e uma reunião de apresentação com os pais dos novos alunos.

.