EESC oferece curso de férias do “Programa Study Abroad”

Publicado em Educação por em

Desde o dia 7 de julho, o Departamento de Engenharia Elétrica e de Computação (SEL) da Escola de Engenharia de São Carlos (EESC) da USP está oferecendo um curso de férias do Programa Study Abroad da Universidade Texas A&M (TAMU), dos Estados Unidos, com o objetivo de ensinar e expor os participantes a sociedade, cultura e indústria brasileira, ampliando suas experiências internacionais. O curso encerra-se no dia 21 de julho.

O Programa permite que professores da TAMU ofereçam disciplinas da grade regular de graduação em um tempo reduzido, durante o período das férias, porém mantendo a mesma carga horária e conteúdo. O curso configura-se como uma oportunidade para universitários norte-americanos concluírem parte de seu currículo obrigatório em um país diferente da sua nacionalidade, com o objetivo de adicionar um componente internacional relevante ao ensino de engenharia.

As disciplinas oferecidas são “Sinais e Sistemas” e “Fundamentos de Controle Linear”, do currículo básico, e são ministradas pelo professor Shankar P. Bhattacharyya, da TAMU, com a cooperação dos professores Carlos Dias Maciel e Vilma Alves de Oliveira, ambos do SEL.

O programa inclui testes e tarefas relacionados à tecnologia da informação, os quais são exigidos no curso de graduação de engenharia elétrica, realizados em aulas práticas no laboratório de ensino informatizado por meio do sistema Matlab – um software voltado para resolução de cálculos numéricos.

Essa é a segunda vez que o curso de férias ocorre na EESC, e houve uma grande procura por parte dos alunos brasileiros, com o total de 40 participantes, além de 10 estrangeiros inscritos. Para Vilma o sucesso da primeira edição que ocorreu no ano passado contribuiu muito para o aumento no número de interessados. “Muitos decidiram participar por recomendação de outros participantes, que elogiaram e aprovaram a metodologia”, ressaltou a docente.

Para Bhattacharyya essa oportunidade é muito interessante para estudar conteúdos extensos em poucas aulas, além de ainda receber créditos da disciplina como um aluno regular da USP. “A metodologia aplicada nas aulas possibilita manter a mesma efetividade do modo regular básico, mas de forma intensa e concisa”, comentou o professor.

A estudante da TAMU, Bethany Hunter, de 21 anos, disse que sempre gostou de viajar e tinha o interesse de conhecer o Brasil, quando foi informada sobre a oportunidade do intercâmbio e decidiu se inscrever. “É uma ótima oportunidade para conhecer o Brasil e sua cultura nas férias, ao mesmo tempo cumpro a obrigatoriedade das disciplinas”, destacou.

Os estudantes brasileiros Graciano Jorge Gonçalves, de 23 anos, da EESC, e Marinna Soares Sterzo, de 21 anos, da Universidade Federal de São Carlos (UFSCar), tiveram interesse através do contato de outros participantes. “O conteúdo é aplicado em módulos, evitando que os assuntos diferentes se misturem e mesclando teoria com prática. Desta forma, é mais fácil de acompanhar”, explicou a aluna.

Durante o programa, os participantes também tiveram a oportunidade de participar do evento “Welcome Sarau with Music”, em parceria com o Projeto Contribuinte da Cultura, que ocorreu no último dia 15, no Centro Cultural Espaço 7. O evento teve como objetivo integrar os alunos a diferentes culturas e costumes de diversos países.

Um dos talentos apresentados foi o do professor Bhattacharyya, que tocou música indiana, contendo em seu repertório composições criadas com base no sistema ancestral do clássico raaga, existente na Índia desde o século 15. Ele já se apresentou em concertos nos EUA, Europa e Índia. Além dele, o professor Luís Fernando Costa Alberto do SEL e dois monitores das disciplinas apresentaram seus talentos musicais.

Durante o período de estudos, os interessados farão visitas técnicas à Embrapa Instrumentação e ao Laboratório Nacional de Agricultura de Precisão (LANAPRE) além de visitas culturais, como à Fazenda Santa Maria, em São Carlos, e à cidade de Brotas, além do Museu da TAM. “As visitas técnicas são muito importantes, pois aproximam os alunos das práticas de ensino e oferecem uma visão da aplicação do que se estuda ao trabalho dos profissionais da área.”, afirmou Bhattacharyya.

Keite Marques /Assessoria de Comunicação da EESC

Mais informações: (16) 3373-6600 / 3373-6700

.